Pesquisa da Valia identifica alta demanda por plano voltado para familiares

Uma pesquisa realizada pela Fundação Valia identificou forte demanda dos atuais participantes ativos e assistidos pela adesão de familiares em um novo plano de benefícios a ser oferecido pela entidade. O resultado apontou que 79% dos participantes têm interesse em inscrever pelo menos um familiar no plano instituído que está em processo de estruturação pela Valia.

A pesquisa foi realizada com 5 mil participantes, que foram contatados via e-mail. A Valia possui atualmente 115 mil participantes ativos e assistidos. Outra informação coletada pela enquete apontou que apenas 28% dos familiares dos participantes mantêm planos de previdência em outras instituições financeiras. O restante, ou seja, 72% não possui a cobertura da previdência complementar.

“Sem nenhuma dúvida, o levantamento aponta uma forte demanda de nossos participantes para estender aos familiares os bons resultados de nossos serviços. Acredito que esse alto interesse é reflexo da credibilidade que a Valia alcançou ao longo de muitos anos de gestão eficiente e transparente”, diz Edécio Brasil (foto), Diretor Superintendente da entidade.

De acordo ao dirigente, os atrativos de se aderir a um plano administrado pela Valia é que a entidade fechada não possui finalidade lucrativa e todo o resultado dos investimentos é revertido para o plano. Além disso, a fundação tem se destacado pela distribuição de superávit ao longo dos últimos 11 anos. São vantagens que se destacam na comparação com planos abertos administrados por bancos e seguradoras, que possuem fins lucrativos e altas taxas de carregamento e gestão.

Grupo de trabalho – Atualmente, a entidade possui um grupo de trabalho (GT) que se dedica à elaboração do regulamento e estrutura de um novo plano instituído que será voltado aos familiares de participantes. Será um plano do tipo de contribuição definida (CD) puro, portanto, sem risco atuarial. O projeto prevê a participação da Abrapp como instituidora setorial. Em todo caso, a administração do plano será realizado pela própria Valia.

O GT trabalha ainda no desenvolvimento de soluções de tecnologia digital para a gestão do novo plano. “O diferencial de nosso plano família será a tecnologia, 100% digital, que permitirá total transparência, agilidade e custo baixo para o gestor e para os participantes”, comenta o Diretor Superintendente da Valia.

Para os atuais patrocinadores da Valia, o crescimento do número de participantes e das reservas também trarão vantagens. O principal benefício será a diluição dos custos do Plano de Gestão Administrativa (PGA) que será obtido com o ganho de escala. Em uma estimativa simples, se todos os 79% que demonstraram interesse no novo plano realizarem a adesão de pelo menos um familiar, haverá incremento de 90 mil novos participantes.

O potencial de adesão, porém, é ainda maior que esta estimativa. Os dados da pesquisa apontam que 31% tem um dependente; 37% mantêm dois dependentes; 22% têm três dependentes; e 11% apresentam quatro ou mais dependentes. Na média, cada participante possui dois dependentes.



Fonte: ABRAPP
Data: 22/10/2018