Otimismo com trabalho |

A maioria dos paulistanos (54%) diz acreditar que o responsável pelo sustento do domicílio terá avanço profissional nos próximos seis meses, segundo a FecomercioSP (federação do comércio do estado).

Essa parcela cresceu sete pontos percentuais em um ano. Em outubro de 2017, era de 47%.

Na avaliação mensal, o  percentual dos otimistas  aumentou 3,3%.

“A menor incerteza dos quadros eleitorais e a geração de vagas informais e temporárias influenciam essa alta, que não deve se repetir até dezembro”, afirma Guilherme Dietze, economista da entidade.

“A tendência deverá ser de euforia no início do próximo governo, mas somente após as primeiras medidas econômicas poderá haver uma maior reação do índice, positiva ou negativa”, afirma ele.

 



Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO
Data: 26/10/2018