Mercado já derrubou juros, Banco Central tenta ganhar tempo

Apenas para amainar crise, BC teria de jogar taxa real de juros para zero.

O Banco Central do Brasil indicou que também vai cortar os juros: a crise mundial deve causar mais danos do que uma alta daninha do dólar.

Entenda-se: taxa de juros menor em tese favorece mais desvalorização da moeda brasileira; um real rapidamente desvalorizado pode provocar alta de preços.

Porém, o risco de a economia brasileira travar é maior do que o de termos alguma inflação por causa do câmbio.

Foi o que o BC disse em nota publicada no fim da tarde desta terça-feira (3). Disse daquele “jeito BC”, de contador diplomata fazendo neurocirurgia. Mas disse.

Se o BC vai mexer mesmo na taxa básica de juros, são outros quinhentos. A próxima decisão agendada sobre a Selic ocorrerá em duas semanas.

Até lá, o mundo pode ter entrado em colapso financeiro ou ressuscitado para a primavera do hemisfério Norte.

O mercado já derrubou os juros. Quer dizer, os negociantes no atacadão de dinheiro levaram a taxa básica da praça financeira para a casa de 3,8% ao ano.

Na prática, não havia tanta confiança de que o BC baixaria os juros desde o início de dezembro de 2019.



Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO
Data: 04/03/2020