Investimentos com a Selic

Um possível corte na Selic, em um cenário de reformas aprovadas, motivaria aumento instantâneo no preço das cotas dos fundos imobiliários listados em bolsa e, dessa forma, seria uma última oportunidade clara, no curto prazo, de aumento generalizado no preço das cotas que poderia ser aproveitado pelos investidores. A observação é de André Masetti, gestor de fundos imobiliários da XP Asset Management.

O  assunto naturalmente interessa aos nossos gestores de carteiras, uma vez que aos fundos de pensão é vedado pelas novas regras fazer novos investimentos diretos no mercado imobiliário.

Para o autor do artigo,  para selecionar o fundo é importante que o investidor, além de verificar a qualidade e a capacidade da equipe de gestão, entenda o cenário micro e macro da economia real em que os ativos-alvo dos fundos estão inseridos nas modalidades de “tijolo”, ou mesmo crédito estruturado, para fomentar os diversos segmentos do setor imobiliário (lajes corporativas, shopping centers, galpões logísticos, hotéis e condomínios residenciais).



Fonte: VALOR ECONÔMICO
Data: 01/07/2019